quarta-feira, 11 de agosto de 2010

... Cravos...





Cem escudos o molho de cravos!
Tenho brancos, encarnados...

Sem escudos o pobre fugindo
desesperado
Cem escudos o molho!
Oferece,
convence quem passa indeciso
que olha o molho de cravos
brancos e encarnados...

É preciso vender para comer,
é preciso fugir de quem lá vem
que te quer prender,
apreender o molho de cravos
brancos e encarnados

São só cem escudos!

Não custa o que custa manter uma boca
a comer
Não custa o que custa fugir
para vender

Sem escudos os olhos,
atentos,
que olham bem fundo
para convencer

Já viu?
São só cem escudos...