terça-feira, 17 de agosto de 2010

porque te amo....





De manhã quando te acordo com beijos
que no sono que persiste reclamas não querer mais
E juntas damos as mãos caminhando pelas ruas
nos rimos da cumplicidade das tuas travessuras
e dos segredos que compartilhamos só nós duas
Sei que sabes que te amo
E eu sei que me amas minha filha
E quando na tua ânsia de crescer te digo não
te falo em regras e no respeito pelos outros
na impossibilidade de cresceres mais rápido
e te digo ainda não chegou a hora
Sei que sabes que te amo
E eu sei que me amas minha filha
E, quando à noite adormeces no meu colo
te afago os cabelos ainda de menina
que queres por força já sejam de mulher
Sei que sabes que te amo
E eu sei que me amas minha filha